Apoena – Grupo de Estudos Schopenhauer-Nietzsche

Em si mesmo, o Apoena é outro.

O Apoena é um grupo de professores e pesquisadores cujos interesses atravessam vários campos do conhecimento e da cultura, visando experimentar com as filosofias, as humanidades, as artes, as ciências sociais e suas aplicações, as tecnologias etc. Não se trata de um grupo de estudos dedicado exclusivamente a Schopenhauer e Nietzsche, embora ambos sejam referenciais básicos para as formações e os trabalhos de todos os seus integrantes. Ao se batizar com os nomes desses dois filósofos, o grupo quis lhes prestar uma justa homenagem e evidenciar sua relevância para a contemporaneidade. Contudo, o Apoena vai muito além de seus pensamentos e consequências. Entendemos que, com isso, não nos afastamos deles, pelo contrário, honramos suas lições, uma vez que nada seria mais oposto ao que eles pensaram do que pretender se restringir a eles.

A palavra tupi apoena quer dizer: aquele que vê mais longe. Sem dúvida, os efeitos da descoberta desse significante – que reverbera de modo muito singular com as antropologias de Nietzsche e Schopenhauer – estiveram presentes no impulso de que se gerou o grupo. E este mesmo impulso ainda o anima. O propósito do Apoena – talvez seja esse o pathos que aglutina seus membros – é aquilo mesmo que seu nome indica: ver mais longe.

rizoma-apoena-pb

O Apoena é muitas coisas, sobretudo:

  • O Grupo de Estudos Nietzsche-Schopenhauer que, desde 2008, reúne-se regularmente para discutir assuntos variados, em geral, a partir de um texto.
  • O realizador dos Encontros Nietzsche-Schopenhauer, eventos culturais – cujo título também presta homenagem a esses pensadores – que ocorrem anualmente, desde 2009, no final de novembro. Tais encontros são séries de intervenções livres de intelectuais e artistas locais, brasileiros e estrangeiros, acerca de temas variados.
  • O organizador da Coleção Apoena, na qual são publicados, desde 2012, livros coletivos compostos com trabalhos apresentados nos encontros, além de textos de autores convidados.
  • O editor da Lampejo – Revista eletrônica de filosofia e cultura (ISSN 2238-5274) que vem sendo publicada desde 2012, com periodicidade semestral.

Além disso, o grupo promove, em caráter eventual, conferências, mesas-redondas, minicursos e intervenções artísticas, bem como realiza vídeos.

Integrantes