Nietzsche-Schopenhauer: metafísica e significação moral do mundo, vol. 1 – aberturas

CARVALHO, Ruy; COSTA, Gustavo; MOTA, Thiago (orgs.).
Fortaleza: Ed. UECE, 2014. 280 p.
ISBN: 978-85-7826-254-9

capa-livro-v-ns-vi-cis-vol-11410031967_botao-comprar

Neste quarto livro, em dois volumes, o Apoena – Grupo de Estudos Schopenhauer-Nietzsche publica os principais trabalhos apresentados no VI Colóquio Internacional Schopenhauer e no V Encontro Nietzsche-Schopenhauer. Esta realização resulta de mais um esforço efetuado no sentido consolidação da pesquisa em filosofia e em ciências humanas no Ceará. Os eventos contaram com a participação de vários pesquisadores brasileiros e estrangeiros de alto nível, que se reuniram em torno da questão da relação entre metafísica e significação moral do mundo. Esta questão forneceu a base para uma abordagem transversal não só da filosofia de Schopenhauer, mas também de diversos outros pensadores. A discussão sobre os diferentes aspectos da filosofia schopenhaueriana, seu diálogo com Nietzsche, bem como a discussão em torno daquilo que eles devem a seus antecessores, e daquilo que seus sucessores devem a eles, têm papel central nos escritos aqui trazidos a público.

É assim que, com enorme alegria, o Apoena divide agora com um público consideravelmente maior, as falas, debates e discussões mantidas e vividas durante o V Encontro. Tal intensidade, esperamos poder repetir e melhorarem novembro próximo, no VI Encontro Nietzsche-Schopenhauer.

O Apoena – Grupo de Estudos Schopenhauer-Nietzsche existe desde 2008, formado por pesquisadores locais interessados no pensamento desses filósofos e em seus desdobramentos na contemporaneidade (http://apoenafilosofia.org). Além dos Encontros Nietzsche-Schopenhauer, o Apoena publica semestralmente a Lampejo –Revista Eletrônica de Filosofia (http://revistalampejo.apoenafilosofia.org).

Sumário

Apresentação

Vol. 1: Aberturas

Matthias Kössler: Uma metafísica originariamente ética: metafísica e significado moral na tese de Schopenhauer

______. Eine ursprünglich ethische Metaphysik. Metaphysik und moralische Bedeutung in Schopenhauers Dissertation

Margit Ruffing: Metafísica imanente, ética empírica: uma filosofia para o mundo?

______. Immanente Metaphysik, empirische Ethik. Eine Philosophie für die Welt?

Brigitte Scheer: A suposição schopenhaueriana de uma relação ética necessária do homem com o mundo

______. Schopenhauers Annahme eines notwendig ethischen Weltverhältnisses des Menschen

Maria Lucia Cacciola: Primeira edição da Quádrupla raiz: causa ou ratio?

Arnaud François: Minha vida como ato livre: a teoria schopenhaueriana do caráter inteligível

______. Ma vie comme acte libre. La théorie schopenhauerienne du caractère intelligible

Vilmar Debona: A caracterologia como fio condutor dos fundamentos empírico e metafísico da compaixão em Schopenhauer

Jarlee Salviano: Schopenhauer e a melancolia

Jair Barboza: Negação da vontade e significação moral do mundo em Schopenhauer

William Damasceno: Negação da vontade de vida: para além da aparente contradição

Eduardo Fonseca: Sexualidade e morte em Schopenhauer: o abismo insondável da vontade

Leo Staudt: Alegoria religiosa e a alegoria na filosofia de Schopenhauer

Ana Carolina Soliva Soria: Razão, linguagem e organismo em Arthur Schopenhauer

Leandro Chevitarese: Sobre o fundamento metafísico da dialética erística de Schopenhauer